Política

Conselho de Direitos Humanos da ONU debaterá punição à Rússia

Conselho de Direitos Humanos da ONU debaterá punição à Rússia
Conselho de Direitos Humanos da ONU debaterá punição à Rússia

O governo brasileiro votou a favor, nesta segunda-feira (28/2), da realização de sessão de emergência do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) para discutir o conflito entre Rússia e Ucrânia. A sinalização favorável do Brasil responde a um pedido feito pelo próprio governo ucraniano.

Ao todo, foram 29 votos a favor, incluindo o Brasil, cinco votos contrários e 13 abstenções. Com a aprovação, a sessão ficou marcada para esta quinta-feira (3/3).

Brazil voted today to support Ukraine’s request for a Human Rights Council emergency session on the Ukrainian conflict. The vote was called and adopted with 29 votes in favor (including Brazil), 5 against, and 13 abstentions. The session will take place next Thursday. pic.twitter.com/E0PG323kVm

— Government of Brazil (@govbrazil) February 28, 2022

A votação ocorreu durante sessão emergencial da Assembleia Geral da ONU, em Nova York, nos Estados Unidos. O objetivo da audiência é discutir uma punição ao presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Salão da Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, durante reunião emergencial sobre a guerra na Ucrânia - Metrópoles
sessao-emergencial-da-Assembleia-Geral-da-ONU-russia-ucrania-28022022

Conselho de Segurança da ONU votou nesse domingo (27/2) para realizar uma rara sessão especial de emergência da Assembleia Geral para discutir o ataque da Rússia à Ucrânia Michael M. Santiago/Getty Images

Homem de máscara segura arma dentro de carro na em Kiev, capital da Ucrânia - Metrópoles
homem-armado-em-carro-kiev-ucrania-28022022

Na última quinta-feira (24/2), Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, pediu o apoio de todos os militares e da população. Além disso, afirmou que está distribuindo armas para que todos possam se defender Aytac Unal/Agência Anadolu via Getty Images

militar ucraniano reforça guarda nas ruas de Kiev
membro-da-força-de-segurança-ucraniana-durante-invasão-russa-28022022

Forças de segurança ucranianas aumentam as medidas em meio a ataques russos em Kiev, Ucrânia Aytac Unal/Agência Anadolu via Getty Images

Militares ucranianos armados e uniformizados circulam por praça no centro de Kiev, na Ucrânia - Metrópoles
militares-fotografados-em-kiev-ucrania-28022022

Medidas de segurança são tomadas enquanto o ministro de Assuntos Internos da Ucrânia, Denys Monastyrskyi, fala com membros da imprensa na capital Aytac Unal/Agência Anadolu via Getty Images

militares inspecionam carros e pedestres na Ucrânia
militares-ucranianos-fazem-ronda-por-cidade-durante-invasão-russa-28022022

Membros das forças ucranianas inspecionam carros e analisam se algo parece suspeito nas ruas de Kiev Aytac Unal/Agência Anadolu via Getty Images

Em alto mar, vê-se três navios de guerra em mar na costa ucraniana - Metrópoles
foto-navios-de-guerra-na-costa-ucraniana-28022022

Quatro navios de guerra (o navio de abastecimento Tender "Elbe" l e três caça-minas) deixam o porto de Kiel para reforçar o flanco norte da OTAN no Mar Báltico. A razão atual para esta medida é a escalada da crise Rússia-Ucrânia e a crescente ameaça percebida pelos parceiros da Alemanha na Europa Oriental em particular Axel Heimken/picture aliança via Getty Images

Em Kiev, policiais ucranianos abordam suspeito de sabotagem ao país - Metrópoles
policias-procuram-suspeito-kiev-ucrania-28022022

Policiais procuram homem suspeito em um posto de controle em Kiev, capital da Ucrânia. Nesta segunda (28/2), Leste Europeu vive o quinto dia de bombardeios. A escalada da violência na guerra tem atingindo militares e civis, que estão sob o risco do uso de armas nucleares Chris McGrath/Getty Images

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assina contrato de pedido para o país entrar na União Europeia - Metrópoles
presidente-ucraniano-zelensky-assina-contrato-entrada-união-europeia-28022022

Nesta segunda-feira (28/2), o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy assinou o contrato de pedido de adesão da Ucrânia à União Europeia. Abdulla Shahid, presidente da Assembleia Geral da ONU, defendeu um cessar-fogo imediato. “Temos de parar a guerra imediatamente”, frisou Presidência Ucraniana/Agência Anadolu via Getty Images

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assina contrato de pedido para o país entrar na União Europeia junto com outras autoridades do país - Metrópoles
presidente-Zelensky-assina-pedido-de-adesão

Pedido oficial foi feito com o apoio de Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia: "Eles são um de nós e nós os queremos" Reprodução

0

O país foi representado no encontro pelo embaixador brasileiro na entidade, Ronaldo Costa Filho. Durante sua participação, o chanceler não assumiu um postura agressiva contra a Rússia, mas defendeu o fim dos conflitos.

O diplomata brasileiro defendeu a aprovação da resolução que pune a Rússia e prevê a retirada imediata das tropas russas da Ucrânia. “Lamentamos que a minuta não tenha sido aceita. O Conselho ainda não exauriu todas as alternativas diplomáticas solução”, avaliou.

O embaixador saiu em defesa também da da Assembleia Geral da ONU de emergência “pela necessidade de dar voz para buscarmos uma solução para a crise dentro e ao redor da Ucrânia”. Ele alertou que o que está acontecendo na Ucrânia pode se alastrar pelo mundo.

“Precisamos de medidas para nos salvar da guerra. Precisamos ser cautelosos na Assembleia. Há uma série de eventos que, se não forem contidos, nos levaram ao um contexto mais grave. Essa situação não justifica o uso de força contra a soberania”, salientou.

“Precisamos de medidas para nos salvar da guerra. Precisamos ser cautelosos na Assembleia. Há uma série de eventos que, se não forem contidos, nos levaram ao um contexto mais grave. Essa situação não justifica o uso de força contra a soberania”, salientou.

“Nosso pedido é para os líderes reavaliarem as suas decisões de ataques cibernéticos e sanções, que podem comprometer o mundo na economia e no abastecimento alimentar. Medidas podem ser implementadas sem comprometer a todos”, defendeu.

O embaixador expressou a gratidão aos países que facilitaram a saída das pessoas que fugiram do confronto, inclusive brasileiros. Ele finalizou. “Há a firme necessidade de buscar uma resolução do conflito na Ucrânia. Uma solução diplomática criará uma situação de segurança para todos os envolvidos no conflito”.

Quinto dia de ataques

A Ucrânia vive o quinto dia de ataques . Kiev, capital e coração do poder, e Kharkiv, segunda maior cidade ucraniana, estão sob forte bombardeio. Civis foram alvejados pelas tropas russas.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, lamentou o momento que a Ucrânia tem vivido, com civis como alvos. “Essa situação é completamente inaceitável. Os soldados devem sair das trincheiras e os líderes buscarem a paz”, defendeu.

A Rússia e a Ucrânia vivem um embate por causa da possível adesão ucraniana à Otan, entidade militar liderada pelos Estados Unidos. Na prática, Moscou vê a possível entrada do vizinho na organização como uma ameaça à sua segurança. Os laços entre Rússia, Belarus e Ucrânia existem desde antes da criação da União Soviética (1922-1991).

Mapa regiões atacadas Ucrânia
Mapa ilustra os locais onde o país foi atacado


Mais na seção Política

Nadhim Zahawi,
Política

Primeiro-ministro britânico demite presidente do Partido Conservador

Rishi Sunak demitiu Nadhim Zahawi após investigações apontarem para violações do código ministerial por falta de transparência fiscal

Protesto Buenos Aires
Política

Vídeo: Buenos Aires tem protestos contra ditadores latino-americanos

Grupo de ativistas protestava contra a presença de ditadores latino-americanos de Cuba, Venezuela e Nicarágua na Celac, em Buenos Aires

foto-Lula-afirma-que-terá-quatro-anos-para-trabalhar-mais-do-que-trabalhei-nos-governos-anteriores
Política

PF prende homem que defendeu “colocar bala na cabeça” de Lula

Acusado foi preso pela Polícia Federal (PF) em Boa Vista, Roraima. Ataque a Lula ocorreu nas redes sociais

foto-3-anderson-torres-e-diretores-pf-prf-coletiva-imprensa-preparação-eleicoes-2-tunro-28102022
Política

Dois ministros votam para manter prisões de Torres e ex-comandante da PMDF

Logo após Alexandre Moraes proferir voto pelas prisões por omissão em atos de vandalismo no DF, Gilmar e Fachin votaram com o relator

protesto no peru
Política

Peru decreta toque de recolher após 17 civis e 1 policial morrerem

O toque de recolher em Puno, cidade ao sul do Peru, começa às 20h e se estende até as 4h, no horário local

Apresentação da Ministra da Cultura Margareth Menezes no auditório do Museu Nacional 10
Política

Após atos, Ministra da Cultura afirma que já determinou que o Iphan verifique danos

Margareth Menezes condenou terrorismo em Brasília e já determinou que o Iphan verifique os danos causados pela depredação de bolsonaristas

foto-7-posse-geraldo-alckmin-ministro-desenvolvimento-industria-comercio-exterior-e-serviço-cerimonia-palacio-planalto-brasilia-04012023
Política

Vídeo. Alckmin promete lealdade a Lula: “Inabalável compromisso”

Vice-presidente tomou posse nesta quarta-feira (4/1). Alckmin também defendeu que “há muito o que fazer” por deficiências na gestão anterior

foto-1-presidente-ucrania-volodymir-zelensky-conferência-virtual-com-notebook-16032022
Política

Joe Biden recebe Zelensky na Casa Branca nesta quarta-feira

Reunião entre Biden e Zelensky terá duração de 2h e deve marcar anúncio de pacote de ajuda norte-americana à Ucrânia de US$ 2 bilhões

******Foto-plenario-camara
Política

PL quer PEC da Transição com R$ 45 bilhões por um ano

Partido do presidente Bolsonaro quer PEC com R$ 45 bi por um ano e também sugere votar contra a mudança do regime fiscal

Biden sanciona lei que protege casamentos homoafetivos
Política

Biden sanciona lei que protege casamentos homoafetivos

A lei institui que casamentos entre pessoas do mesmo sexo e casais interraciais devem ser reconhecidos em todos os estados


Travessia-Guerra-Ari-Chiara
Televisão

Travessia: Ari consegue colocar as mãos na fortuna de Guerra

Tiago Abravanel arregala os olhos no Encontro – Metrópoles
Televisão

Poeta enquadra Tiago Abravanel e pergunta sobre arrependimento do BBB

Cássia Kis interpreta Haia em Desalma – Metrópoles
Televisão

Série com Cássia Kis é cancelada e atriz não tem mais trabalhos na TV

Oh Young sooOh Young soo, de Round 6
Televisão

Astro de Round 6 sobre acusações de assédio sexual: “Me comportei mal”

Manoel Soares assume programa do GNT no lugar de Fábio Porchat
Televisão

Manoel Soares assume programa do GNT no lugar de Fábio Porchat

The Last of Us bate novo recorde de audiência no quarto episódio
Televisão

The Last of Us bate novo recorde de audiência no quarto episódio

A Batalha dos 100 – Netflix
Televisão

A Batalha dos 100: participante ficou paralisado dois meses após competição

Berlim – Netflix – série
Televisão

Berlim: Netflix divulga data de estreia de spin-off de La Casa de Papel

mari palma phelipe siani
Televisão

Mari Palma recebe mensagens de ódio após terminar com Siani

BBB23 Machos Escrotos
Televisão

BBB23. Brothers revoltam web após analisarem sisters: “Machos escrotos”

BBB23 – Larissa – Bruna
Televisão

BBB23: equipes de sisters repudiam falas de participantes sobre seus corpos

Key Alves BBB23
Televisão

Key Alves pode ser intimada pela Justiça após o BBB23: entenda

Bruna-Griphao-11
Televisão

BBB23: Bruna Griphao expõe problemas financeiros fora do reality

Humberto Martins interpreta Guerra na novela Travessia
Televisão

Travessia: após sofrer atentado, Guerra não cumpre combinado com Brisa

Marvvila BBB23
Televisão

Marvvila revela que tem dedo a mais na mão: “Morro de vergonha”

Larissa Santos BBB23
Televisão

Larissa cita MasterChef no BBB23 e web reage: “Boninho cuspiu o drinque”

Larissa Cristian BBB23
Televisão

BBB23. Larissa expõe Cristian: “Fala mal do seu grupo o tempo inteiro”

Natália Deodato e Maria caracterizadas para Bandida – O Filme – Metrópoles
Televisão

Amigas no cinema, Maria e Natália tiveram “conversa profunda” após BBB

Maria Beltrão (1)
Televisão

Maria Beltrão é criticada por internauta e rebate

bbb23 – paredão
Televisão

BBB23: enquete tem reviravolta e mostra novo favorito a deixar a casa