Política

Oposição a Putin, Partido Comunista russo apoia invasão à Ucrânia

Gennady Zyuganov
Gennady Zyuganov

O Partido Comunista da Federação Russa (PCFR), principal legenda de oposição ao presidente Vladimir Putin, se posicionou a favor da ação militar na Ucrânia. Em nota divulgada na sexta-feira (25/2), o partido alegou a necessidade de “desmilitarização” e “desnazificação” do país do Leste Europeu, como forma de garantir uma paz duradoura.

Para o presidente do PCFR, Gennady Zyuganov, um dos objetivos dos Estados Unidos e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) é “escravizar a Ucrânia.”

Para os comunistas, os ucranianos “não podem ser vítimas do capital mundial e dos clãs oligarcas”.

“Impelir os provocadores de Kiev à paz e conter a agressividade da OTAN tornou-se o imperativo da época. Somente a desmilitarização e desnazificação da Ucrânia pode garantir segurança duradoura para os povos da Rússia, Ucrânia e de toda a Europa”, diz o texto.

“Os planos dos EUA e de seus satélites da OTAN de escravizar a Ucrânia não devem ser realizados. Estes planos agressivos criam ameaças críticas para a segurança da Rússia. Ao mesmo tempo, eles contradizem de forma flagrante os interesses do povo ucraniano”, afirma a agremiação.

A nota foi divulgada na sexta-feira (25/2), um dia depois da invasão da Ucrânia ordenada por Putin.

Além do PCRF, outras legendas se manifestaram em apoio a Putin. Entre elas, a Rússia Justa (centro-esquerda). Seu líder, Sergei Mironov, disse que a operação “não é contra o povo da Ucrânia” e atacou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. Para ele, Zelensky é “covarde, mentiroso e canalha”.

Leia a íntegra da nota do Partido Comunista da Federação Russa:

A militarização da Europa Oriental após a dissolução do Tratado de Varsóvia é um fato. Os projetos agressivos de Washington foram demonstrados no processo de destruição da Iugoslávia. Os planos dos EUA e de seus satélites da OTAN de escravizar a Ucrânia não devem ser realizados. Estes planos agressivos criam ameaças críticas para a segurança da Rússia. Ao mesmo tempo, eles contradizem de forma flagrante os interesses do povo ucraniano.

Os EUA procuram aumentar suas vantagens competitivas no mundo global a todo custo. Não é desencorajado pelo fato de que sanções contra a Rússia, o torpedo do Nord Stream-2 e a ameaça de guerra na Europa significam perdas econômicas pesadas para os países da zona do euro. É particularmente importante que os povos do mundo tomem consciência da natureza aventureira da política de Washington e recordem a experiência de amplos movimentos antiguerra. O desdobramento de tal movimento asseguraria solidariedade com os povos amantes da paz da Rússia e da Ucrânia e protegeria seu direito ao desenvolvimento independente.

O PCRF procede da necessidade de desmantelar os resultados de muitos anos de esforços para Banderizar a Ucrânia. A verdadeira política em seu território é ditada de muitas maneiras por nacionalistas raivosos. Eles aterrorizam o povo ucraniano e impõem às autoridades um rumo político agressivo. Ao ceder a esta pressão, Zelensky traiu os interesses de seus compatriotas que o elegeram como presidente de paz em Donbass e de boas relações de vizinhança com a Rússia.

Na situação em que a Federação Russa tomou uma posição em defesa do povo de Donbass, é necessário prestar toda a assistência possível aos refugiados e à população civil do DPR e do LPR. Apelamos para que nossa sociedade lhes preste todo o apoio e apoio necessário.

Impelir os provocadores de Kiev à paz e conter a agressividade da OTAN tornou-se o imperativo da época. Somente a desmilitarização e desnazificação da Ucrânia pode garantir segurança duradoura para os povos da Rússia, Ucrânia e de toda a Europa. Consideramos importante fazer amplo uso dos métodos da diplomacia popular e da cooperação humanitária para proteger a paz e impedir o ressurgimento do fascismo.

A posição estratégica do CPRF é bem conhecida: a principal garantia de paz, esforço criativo e desenvolvimento é o movimento pelo caminho do progresso social e da justiça social, o caminho do socialismo.

Presidente do CC CPRF

Gennady Zyuganov

explosão ucrânia

Reprodução/ Redes sociais

morador-russo-ucrania

Reprodução/Redes sociais

Ucranianos tentam bloquear tanques russos com seus corpos e bicicletas
Ucranianos tentam bloquear tanques russos com seus corpos e bicicletas

Ucranianos tentam bloquear tanques russos com seus corpos e bicicletas Reprodução/Twitter

Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Militares russos são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

Motorista registra explosão de posto de gasolina no sul da Ucrânia
Motorista registra explosão de posto de gasolina no sul da Ucrânia

Motorista registra explosão de posto de gasolina no sul da Ucrânia Reprodução/Redes Sociais

REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Militares são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Militares são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Militares são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

KYIV, UCRÂNIA - 26 DE FEVEREIRO: Forças de segurança detêm um suspeito na capital ucraniana, Kiev, enquanto o ataque militar da Rússia na Ucrânia continua em 26 de fevereiro de 2022
KYIV, UCRÂNIA - 26 DE FEVEREIRO: Forças de segurança detêm um suspeito na capital ucraniana, Kiev, enquanto o ataque militar da Rússia na Ucrânia continua em 26 de fevereiro de 2022

Forças de segurança ucranianas detêm um suspeito na capital ucraniana, Kiev, enquanto o ataque militar da Rússia na Ucrânia continua em 26 de fevereiro de 2022 Aytac Unal/Agência Anadolu via Getty Images

0


Mais na seção Política

Nadhim Zahawi,
Política

Primeiro-ministro britânico demite presidente do Partido Conservador

Rishi Sunak demitiu Nadhim Zahawi após investigações apontarem para violações do código ministerial por falta de transparência fiscal

Protesto Buenos Aires
Política

Vídeo: Buenos Aires tem protestos contra ditadores latino-americanos

Grupo de ativistas protestava contra a presença de ditadores latino-americanos de Cuba, Venezuela e Nicarágua na Celac, em Buenos Aires

foto-Lula-afirma-que-terá-quatro-anos-para-trabalhar-mais-do-que-trabalhei-nos-governos-anteriores
Política

PF prende homem que defendeu “colocar bala na cabeça” de Lula

Acusado foi preso pela Polícia Federal (PF) em Boa Vista, Roraima. Ataque a Lula ocorreu nas redes sociais

foto-3-anderson-torres-e-diretores-pf-prf-coletiva-imprensa-preparação-eleicoes-2-tunro-28102022
Política

Dois ministros votam para manter prisões de Torres e ex-comandante da PMDF

Logo após Alexandre Moraes proferir voto pelas prisões por omissão em atos de vandalismo no DF, Gilmar e Fachin votaram com o relator

protesto no peru
Política

Peru decreta toque de recolher após 17 civis e 1 policial morrerem

O toque de recolher em Puno, cidade ao sul do Peru, começa às 20h e se estende até as 4h, no horário local

Apresentação da Ministra da Cultura Margareth Menezes no auditório do Museu Nacional 10
Política

Após atos, Ministra da Cultura afirma que já determinou que o Iphan verifique danos

Margareth Menezes condenou terrorismo em Brasília e já determinou que o Iphan verifique os danos causados pela depredação de bolsonaristas

foto-7-posse-geraldo-alckmin-ministro-desenvolvimento-industria-comercio-exterior-e-serviço-cerimonia-palacio-planalto-brasilia-04012023
Política

Vídeo. Alckmin promete lealdade a Lula: “Inabalável compromisso”

Vice-presidente tomou posse nesta quarta-feira (4/1). Alckmin também defendeu que “há muito o que fazer” por deficiências na gestão anterior

foto-1-presidente-ucrania-volodymir-zelensky-conferência-virtual-com-notebook-16032022
Política

Joe Biden recebe Zelensky na Casa Branca nesta quarta-feira

Reunião entre Biden e Zelensky terá duração de 2h e deve marcar anúncio de pacote de ajuda norte-americana à Ucrânia de US$ 2 bilhões

******Foto-plenario-camara
Política

PL quer PEC da Transição com R$ 45 bilhões por um ano

Partido do presidente Bolsonaro quer PEC com R$ 45 bi por um ano e também sugere votar contra a mudança do regime fiscal

Biden sanciona lei que protege casamentos homoafetivos
Política

Biden sanciona lei que protege casamentos homoafetivos

A lei institui que casamentos entre pessoas do mesmo sexo e casais interraciais devem ser reconhecidos em todos os estados


Manoel Soares assume programa do GNT no lugar de Fábio Porchat
Televisão

Manoel Soares assume programa do GNT no lugar de Fábio Porchat

The Last of Us bate novo recorde de audiência no quarto episódio
Televisão

The Last of Us bate novo recorde de audiência no quarto episódio

A Batalha dos 100 – Netflix
Televisão

A Batalha dos 100: participante ficou paralisado dois meses após competição

Berlim – Netflix – série
Televisão

Berlim: Netflix divulga data de estreia de spin-off de La Casa de Papel

mari palma phelipe siani
Televisão

Mari Palma recebe mensagens de ódio após terminar com Siani

BBB23 Machos Escrotos
Televisão

BBB23. Brothers revoltam web após analisarem sisters: “Machos escrotos”

BBB23 – Larissa – Bruna
Televisão

BBB23: equipes de sisters repudiam falas de participantes sobre seus corpos

Key Alves BBB23
Televisão

Key Alves pode ser intimada pela Justiça após o BBB23: entenda

Bruna-Griphao-11
Televisão

BBB23: Bruna Griphao expõe problemas financeiros fora do reality

Humberto Martins interpreta Guerra na novela Travessia
Televisão

Travessia: após sofrer atentado, Guerra não cumpre combinado com Brisa

Marvvila BBB23
Televisão

Marvvila revela que tem dedo a mais na mão: “Morro de vergonha”

Larissa Santos BBB23
Televisão

Larissa cita MasterChef no BBB23 e web reage: “Boninho cuspiu o drinque”

Larissa Cristian BBB23
Televisão

BBB23. Larissa expõe Cristian: “Fala mal do seu grupo o tempo inteiro”

Natália Deodato e Maria caracterizadas para Bandida – O Filme – Metrópoles
Televisão

Amigas no cinema, Maria e Natália tiveram “conversa profunda” após BBB

Maria Beltrão (1)
Televisão

Maria Beltrão é criticada por internauta e rebate

bbb23 – paredão
Televisão

BBB23: enquete tem reviravolta e mostra novo favorito a deixar a casa

neto-vitor-pereira
Televisão

Neto retorna à Band e surta com atitude da Globo e SBT

Mar do Sertão
Televisão

Mar do Sertão: Firmino muda radicalmente e chama a atenção de Xaviera

Fred-Desimpedidos-BBB23-Bruno
Televisão

BBB23: Fred canta para o filho e reação do pequeno explode fofurômetro

Ana Maria Braga e Tom Veiga
Televisão

Ana Maria Braga homenageia Tom Veiga, que faria 50 anos. Veja o vídeo