Política

Oposição a Putin, Partido Comunista russo apoia invasão à Ucrânia

Gennady Zyuganov
Gennady Zyuganov

O Partido Comunista da Federação Russa (PCFR), principal legenda de oposição ao presidente Vladimir Putin, se posicionou a favor da ação militar na Ucrânia. Em nota divulgada na sexta-feira (25/2), o partido alegou a necessidade de “desmilitarização” e “desnazificação” do país do Leste Europeu, como forma de garantir uma paz duradoura.

Para o presidente do PCFR, Gennady Zyuganov, um dos objetivos dos Estados Unidos e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) é “escravizar a Ucrânia.”

Para os comunistas, os ucranianos “não podem ser vítimas do capital mundial e dos clãs oligarcas”.

“Impelir os provocadores de Kiev à paz e conter a agressividade da OTAN tornou-se o imperativo da época. Somente a desmilitarização e desnazificação da Ucrânia pode garantir segurança duradoura para os povos da Rússia, Ucrânia e de toda a Europa”, diz o texto.

“Os planos dos EUA e de seus satélites da OTAN de escravizar a Ucrânia não devem ser realizados. Estes planos agressivos criam ameaças críticas para a segurança da Rússia. Ao mesmo tempo, eles contradizem de forma flagrante os interesses do povo ucraniano”, afirma a agremiação.

A nota foi divulgada na sexta-feira (25/2), um dia depois da invasão da Ucrânia ordenada por Putin.

Além do PCRF, outras legendas se manifestaram em apoio a Putin. Entre elas, a Rússia Justa (centro-esquerda). Seu líder, Sergei Mironov, disse que a operação “não é contra o povo da Ucrânia” e atacou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. Para ele, Zelensky é “covarde, mentiroso e canalha”.

Leia a íntegra da nota do Partido Comunista da Federação Russa:

A militarização da Europa Oriental após a dissolução do Tratado de Varsóvia é um fato. Os projetos agressivos de Washington foram demonstrados no processo de destruição da Iugoslávia. Os planos dos EUA e de seus satélites da OTAN de escravizar a Ucrânia não devem ser realizados. Estes planos agressivos criam ameaças críticas para a segurança da Rússia. Ao mesmo tempo, eles contradizem de forma flagrante os interesses do povo ucraniano.

Os EUA procuram aumentar suas vantagens competitivas no mundo global a todo custo. Não é desencorajado pelo fato de que sanções contra a Rússia, o torpedo do Nord Stream-2 e a ameaça de guerra na Europa significam perdas econômicas pesadas para os países da zona do euro. É particularmente importante que os povos do mundo tomem consciência da natureza aventureira da política de Washington e recordem a experiência de amplos movimentos antiguerra. O desdobramento de tal movimento asseguraria solidariedade com os povos amantes da paz da Rússia e da Ucrânia e protegeria seu direito ao desenvolvimento independente.

O PCRF procede da necessidade de desmantelar os resultados de muitos anos de esforços para Banderizar a Ucrânia. A verdadeira política em seu território é ditada de muitas maneiras por nacionalistas raivosos. Eles aterrorizam o povo ucraniano e impõem às autoridades um rumo político agressivo. Ao ceder a esta pressão, Zelensky traiu os interesses de seus compatriotas que o elegeram como presidente de paz em Donbass e de boas relações de vizinhança com a Rússia.

Na situação em que a Federação Russa tomou uma posição em defesa do povo de Donbass, é necessário prestar toda a assistência possível aos refugiados e à população civil do DPR e do LPR. Apelamos para que nossa sociedade lhes preste todo o apoio e apoio necessário.

Impelir os provocadores de Kiev à paz e conter a agressividade da OTAN tornou-se o imperativo da época. Somente a desmilitarização e desnazificação da Ucrânia pode garantir segurança duradoura para os povos da Rússia, Ucrânia e de toda a Europa. Consideramos importante fazer amplo uso dos métodos da diplomacia popular e da cooperação humanitária para proteger a paz e impedir o ressurgimento do fascismo.

A posição estratégica do CPRF é bem conhecida: a principal garantia de paz, esforço criativo e desenvolvimento é o movimento pelo caminho do progresso social e da justiça social, o caminho do socialismo.

Presidente do CC CPRF

Gennady Zyuganov

explosão ucrânia

Reprodução/ Redes sociais

morador-russo-ucrania

Reprodução/Redes sociais

Ucranianos tentam bloquear tanques russos com seus corpos e bicicletas
Ucranianos tentam bloquear tanques russos com seus corpos e bicicletas

Ucranianos tentam bloquear tanques russos com seus corpos e bicicletas Reprodução/Twitter

Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Um veículo militar russo é visto perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Uma coluna de veículos militares russos é vista perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Militares russos são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

Motorista registra explosão de posto de gasolina no sul da Ucrânia
Motorista registra explosão de posto de gasolina no sul da Ucrânia

Motorista registra explosão de posto de gasolina no sul da Ucrânia Reprodução/Redes Sociais

REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Militares são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk
REGIÃO DE BELGOROD, RÚSSIA - 26 DE FEVEREIRO DE 2022: Militares são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk

Militares são vistos perto da vila de Oktyabrsky, região de Belgorod, perto da fronteira russo-ucraniana. No início de 24 de fevereiro, o presidente da Rússia, Putin, anunciou sua decisão de lançar uma operação militar especial depois de considerar os pedidos dos líderes da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk Anton VergunTASS via Getty Images

KYIV, UCRÂNIA - 26 DE FEVEREIRO: Forças de segurança detêm um suspeito na capital ucraniana, Kiev, enquanto o ataque militar da Rússia na Ucrânia continua em 26 de fevereiro de 2022
KYIV, UCRÂNIA - 26 DE FEVEREIRO: Forças de segurança detêm um suspeito na capital ucraniana, Kiev, enquanto o ataque militar da Rússia na Ucrânia continua em 26 de fevereiro de 2022

Forças de segurança ucranianas detêm um suspeito na capital ucraniana, Kiev, enquanto o ataque militar da Rússia na Ucrânia continua em 26 de fevereiro de 2022 Aytac Unal/Agência Anadolu via Getty Images

0


Mais na seção Política

bolsonaro feira guara domingo brasilia 3
Política

“A punição foi um exagero”, diz Bolsonaro sobre Daniel Silveira

Presidente deu a declaração após passear pelo Distrito Federal, na manhã deste domingo (15/5), e visitar diversos pontos da cidade

Vladimir Putin 1 – getty
Política

Aliados europeus de Bolsonaro são acusados de receber recurso de Putin

Na Itália, Alemanha, Espanha, França e Hungria, grupos de extrema direita estão sendo questionados por ligações com o Kremlin

emmanuel macron
Política

Macron abre 15 pontos de vantagem sobre Le Pen na França

Pesquisa aponta que atual presidente francês deve ser reeleito no próximo domingo, derrotando rival de extrema direita

Mark Zuckerberg at G8 in Deauville, France
Política

Rússia proíbe entrada de 29 americanos, incluindo Mark Zuckerberg

A vice-presidente Kamala Harris também está na lista, que, segundo o governo russo, é uma resposta às “ações hostis” das autoridades dos EUA

20_04_2022_10_15_28
Política

Flórida bane 54 livros didáticos de matemática por críticas ao racismo

O governador do estado, o republicano Ron DeSantis, é conhecido como um apadrinhado do ex-presidente Donald Trump

Vladimir Putin 3 – getty
Política

Putin diz que ataque à Ucrânia ocorreu porque “não tinha opção”

Presidente da Rússia disse ainda que objetivos são “claros e nobres”. Governo russo segue chamando a guerra de “operação militar especial”

Macron
Política

Eleições na França serão decididas em 2º turno entre Macron e Le Pen

Atual presidente e candidato à reeleição tem 28,1% dos votos válidos, enquanto a ultradireitista obteve desempenho de 23,3% nas urnas

Macron
Política

Franceses vão às urnas em primeiro turno de eleição presidencial

As sessões foram abertas às 8h, e espera-se que 49 milhões de eleitores compareçam para votar. Disputa é acirrada entre Macron e Le Pen

***Ilustracao-alta-inflacao.jpg
Política

Datafolha: para 75%, inflação é culpa do governo Bolsonaro

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) ficou em 0,95% neste mês

foto-encontro-vladimir-putin-e-xi-jinping-dão-as-mãos
Política

China pediu para Rússia não invadir a Ucrânia durante Olimpíada, diz jornal

A informação consta em um relatório de inteligência compartilhado por autoridades dos EUA e Europa


Leônicas Além da Ilusão
Televisão

Além da Ilusão: Leônidas descobre todo o passado de Heloisa com Matias

Quanto Mais Vida Melhor
Televisão

Saiba quem vai morrer no final de Quanto Mais Vida Melhor

josé leôncio e madeleine
Televisão

Pantanal. José Leôncio encontra Madeleine após morte da loira: entenda

Vitor Kley
Televisão

Vitor Kley faz homenagem a ex famosa no Caldeirão: “É sobre saudade”

Primeiras imagens da quarta temporada de Stranger Things
Televisão

Último episódio da 4ª temporada de Stranger Things terá 2h30min

Vera Fischer
Televisão

Vera Fischer desabafa sobre luta contra as drogas e reabilitação

Stênio Garcia
Televisão

Stênio Garcia nega plástica e propõe trégua com Silvio de Abreu

Renata Vasconcellos e Tyn
Televisão

“Não cometi crime”, diz ex-jornalista Globo acusado de corrupção

Bel-Air, reboot de Um Maluco no Pedaço
Televisão

Bel-Air: 2ª temporada ganha previsão de estreia em novo teaser

Sílvio de Abreu
Televisão

Silvio de Abreu: plástica causou demissão de Stênio Garcia da Globo

stênio garcia
Televisão

Demitido da Globo, Stênio Garcia acusa Silvio de Abreu de perseguição

foto-copinhos-doce-mini-floresta-negra
Receita

Deliciosa: veja receita da floresta negra no copo com leite condensado

Mamma Bruschetta e Catia Fonseca no Melhor da Tarde
Televisão

Vacinada e curada do câncer, Mamma Bruschetta volta à TV após 2 anos

Elaine Bast
Televisão

Nova baixa na Globo! Elaine Bast pede demissão após 23 anos

Maísa Silva
Televisão

Maisa Silva deve apresentar programa da Globo em 2023. Saiba qual

Anderrupson pratica blackface no Jogo de Panelas, reality do Mais Você
Televisão

Blackface. Participante do Mais Você se desculpa: “Ana Maria já errou”

Paulo André Camilo PA P.A
Televisão

Paulo André é contratado pela Rede Globo e exercerá nova função

José Leôncio (Marcos Palmeira) e José Lucas de Nada (Irandhir Santos) em Pantanal
Televisão

Pantanal: filho bastardo de Zé Leôncio, José Lucas tem destino traçado

Leonardo é eliminado do No Limite
Televisão

Eliminado após enganar equipe, Leonardo pede vaga em No Limite gringo

William Bonner
Televisão

Globo se pronuncia sobre saída de William Bonner da emissora